Setor de oncologia pediátrica do HEC completa 10 anos de funcionamento

O Centro de Oncologia infantojuvenil do Hospital Estadual da Criança (HEC) completou, em 2024, 10 anos de serviços prestados. Neste período, mais de 600 crianças e adolescentes foram acolhidos no serviço. Dentre as doenças oncológicas mais prevalentes, estão as leucemias, linfomas e tumores de sistema nervoso central.

“Assim como o HEC, o centro se tornou referência no interior do estado da Bahia. É um serviço ofertado com acolhimento humanizado, através de uma equipe multidisciplinar, tendo em vista sua importância no tratamento da doença para pacientes e famílias”, afirma a diretora operacional do hospital, Lívia Leite. Unidade da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), o HEC é gerido pela Liga Álvaro Bahia Contra a Mortalidade Infantil.

Coordenador do setor, o oncopediatra Maurício Meira destaca que um terço dos pacientes atendidos é de Feira de Santana e cidades próximas e que o diagnóstico precoce é imprescindível para aumentar as possibilidades de cura. “Tão importante quanto o tratamento é o diagnóstico precoce do câncer pediátrico, que por si só já aumenta as chances de sucesso de toda terapia”, frisa.

Neste período, o Centro realizou uma série de projetos para contribuir para o tratamento dos pacientes. Dentre eles, está o “Pé de Esperança”: todo paciente que recebe alta do serviço planta uma muda de árvore na área externa do hospital, junto com um colaborador do serviço como “padrinho”.

Há, ainda, o “Projeto Dodói”: uma parceria junto à Associação Brasileira de Leucemia e Linfoma (ABRALE) e o Instituto Mauricio de Sousa , tendo como objetivo facilitar os processos de expressão de sentimentos e de comunicação e integração entre a criança hospitalizada, através do brinquedo terapêutico e atividades lúdicas.

Já o “Projeto Bêaba” é um guia informativo distribuído para crianças e adolescentes em tratamento oncológico, tendo em vista um melhor entendimento e enfrentamento da doença oncológica.

Fonte: Ascom/HEC



Fonte: Governo do Estado da Bahia