Prefeitura de Camaçari – Camaçari

A Prefeitura de Camaçari, por meio da Superintendência de Trânsito e Transporte Público (STT), conduziu, nesta segunda-feira (15/1), a sessão de abertura da Concorrência Pública n.º 003/2023, visando a concessão comum para operação e exploração dos serviços de transporte coletivo urbano no município.

De acordo com o edital previamente divulgado, hoje aconteceu a entrega e abertura dos envelopes, por parte das empresas interessadas, contendo as propostas econômicas, o que foi realizado na sede da STT, localizada na Rua Presidente Dutra, 525, Loteamento Espaço Alfa, Parque Nascentes do Rio Capivara.

Três empresas manifestaram interesse na concorrência. São elas: Safira Transportes e Turismo LTDA, Atlântico Transportes LTDA, e Dzset Transportes e Logística LTDA. Todas apresentaram a documentação junto com as propostas econômicas, as quais serão submetidas à análise interna da STT.

Após a seleção da proposta mais vantajosa, acontece a abertura dos envelopes de habilitação, que contém a documentação específica da empresa. O resultado final será divulgado no Diário Oficial do Município (DOM) e no Portal de Compras. Adicionalmente, um período será estabelecido para a interposição de recursos, após a análise interna.

Conforme o novo plano de modelagem, o projeto de fabricação ou de adequação dos veículos, vinculados à frota do Vai Camaçari, deverá prever requisitos de confiabilidade, segurança, manutenção, conforto e conservação ambiental. O prazo da concessão será estabelecido em 15 anos, com a possibilidade de renovação.

A implantação visa aperfeiçoar o sistema de transporte, incluindo um aumento para 61 linhas, totalizando uma expansão de 31,5% na cobertura de rede e um acréscimo de 65% no número total de linhas.

Garantindo intervalos máximos de 60 minutos, a frota será composta por mais de 150 veículos, abrangendo todas as áreas da sede e da costa do município. Esses veículos obedecerão rigorosamente às especificações de conservação, com uma idade média de 5 anos.

Entre as melhorias, está previsto ar-condicionado, câmeras de ré e nas portas de acesso traseiras, adesivo indicando ponto cego do veículo, itinerários eletrônicos frontais, lateral e traseiro, e uma Central de Controle Operacional (CCO), com informações e imagens ao vivo, avaliação frequente da qualidade do serviço, por meio de indicadores, e um plano de prazos e metas para a mudança da matriz energética. Além disso, visando a segurança dos usuários do sistema, as concessionárias deverão implantar em cada veículo, no mínimo, quatro câmeras digitais estáticas para captura e gravação de todas as viagens.



Fonte: Prefeitura de Camaçari