Manu Gavassi lança último curta musical com mensagem reflexiva; assista

Música mostra a artista refletindo sobre o amadurecimento adquirido ao longo dos anos; cantora anuncia que trará mais novidades em breve

Reprodução/YouTube
Manu Gavassi
Manu Gavassi lançou o clipe de '31' no seu aniversário
Manu Gavassi lançou o clipe de ’31’ no seu aniversário

A cantora Manu Gavassi lançou nesta quinta-feira, 4, a última parte de seu projeto de curtas musicais. O vídeo da balada pop “31” traz uma mensagem reflexiva e é o preferido da artista entre os quatro gravados. Em um texto anunciando o lançamento, Manu ressaltou que olhar para trás é necessário para seguir em frente e finalizou o projeto que trouxe muita realização. A música mostra a artista refletindo sobre o amadurecimento adquirido ao longo dos anos: “Não tenho mais vinte e dois nem vinte e três. Acho que os trinta me fizeram viva, me caíram bem. Nada como o tempo”. No X, Manu dedicou o lançamento aos seus fãs. Ela afirmou que essa música é especialmente para eles e que sente um gostinho de final. Além disso, a cantora anunciou que trará mais novidades em breve. “Nos próximos dias vou anunciar o que é de fato e quais são meus próximos passos no Estúdio Gracinha. Mal posso esperar!”, revelou.

O clipe de “31” já está disponível e traz a letra da música. A canção fala sobre a sensação de observar o mundo de fora e acreditar que nasceu no tempo errado. Manu reflete sobre a liberdade vivida pela sua geração, que parece uma prisão. Ela promete ser mais controlada e cantar apenas o que não causa dor, uma rebeldia calculada. A artista também fala sobre o amadurecimento que os trinta anos trouxeram e como o tempo é importante para tudo se encaixar como deve ser. A cantora também aborda a sua vontade de transcender e não se conformar com o mais fácil. Ela acredita que poderia ter virado moda, mas prefere virar lenda. Manu fala sobre a importância do tempo e como ele pode trazer crescimento e transformação. Ela destaca que “o sol pode aquecê-la, mas é a lua que a emociona”. A música também aborda questões mais profundas, como a cultura do país sendo machucada e a transformação da sensibilidade e inteligência em piada.

Assista abaixo:




Fonte: Jovem Pan