Estudante da rede estadual é aceito em programa de bolsa internacional, em Havard

O talento dos estudantes da rede estadual nas diversas áreas do conhecimento se confirma, ao longo do ano letivo, por meio dos prêmios acadêmicos nacionais e internacionais para os quais são selecionados. Essas conquistas são resultado do investimento do Governo do Estado na promoção de uma educação de qualidade, na capital e no interior. Kauan Peruna, de 13 anos, aluno do Colégio da Polícia Militar Rômulo Galvão, em Ilhéus, é um exemplo desse feito. Além de ser o primeiro ilheense e o primeiro baiano a participar no programa de inverno de bolsistas de graduação em Relações Internacionais pela International Infinity Society, ele é a pessoa mais jovem a ser aceita no referido evento, que acontece em Havard e do qual participará, ainda neste mês, de forma on-line.

Graças a esta e outras conquistas, Kauan foi reconhecido pela International Star Kids Awards como um dos jovens mais talentosos do mundo na categoria Educação, em 2023, e na categoria QI, em 2024. Também ganhou bolsas de estudos de 100% para participar de programas de verão presenciais nas universidades de Havard, Georgetown, Oxford, Cambridge, MIT e Stanford, entre outras. Dentre as 19 premiações que já coleciona, o grande destaque é a sua admissão na International Infinity Society, que é uma sociedade internacional de alto Quociente de Inteligência (QI), tida como uma das instituições mais restritas do mundo, exigindo do candidato um QI mínimo de 140 pontos (inteligência genial), quando a média é 83.

“Estou bastante feliz e honrado. Apesar do processo seletivo acirrado, fui um dos poucos brasileiros a serem aceitos. Também estou bastante ansioso para ter contato com os estudantes de relações internacionais de Havard”, conta Kauan, que é bolsista de iniciação científica na Academia de Ciências de New York. Enquanto dava entrevista para esta matéria, ele recebeu e-mail com o resultado de um programa que irá ocorrer em janeiro, na Malásia, para o qual foi selecionado para ser nomeado como Embaixador Internacional da Juventude (ODS).

A diretora do CPM de Ilhéus, Claudia Maria Macedo, relata que Kauan é um “excelente aluno”, com comportamento nota 10, assíduo e que mantém boas relações com os colegas, professores, militares e funcionários. “Ele tem desempenho satisfatório nos 12 componentes curriculares, se destacando em Arte, Geografia, História, Técnica de Escrita Argumentativa, Instrução Militar e Construção da Cidadania. As conquistas do nosso aluno são fruto do bom desempenho dele no colégio, o que o faz estar preparado para novas conquistas fora dos muros da escola. Kauan é um adolescente ávido para o conhecimento e determinado a vencer pelos estudos. É um jovem promissor que, através de suas conquistas, incentiva outros alunos a se orgulharem de pertencerem à rede estadual de ensino e de que o esforço empreendido na vida acadêmica vale a pena”.

Entre os programas presenciais de verão que foi selecionado, destaque para o de Cambridge para estudar Neurociência, com bolsa de 50%, o do Oxford para estudar Matemática Aplicada e Química; do Massachusetts Institute of Technology (MIT) para cursar Inteligência Artificial/Tecnologia, com bolsa de estudos de 30%; e das Universidades de Stanford e Georgetown para estudar Engenharia. O estudante foi selecionado, ainda, pelo Instituto de Boston para estudar Engenharia/ Tecnologia.

No momento, os pais de Kauan estão organizando a documentação para que ele possa embarcar em 2025 para Boston, onde vai representar a Bahia na Yale Model United Nations (YaleMUN) – conferência que visa debater questões globais complexas entre estudantes do Ensino Médio de todo o mundo – e na Harvard World Model United Nations (HavardMun), que é uma conferência anual das Nações Unidas, em modelo itinerante, dirigida pela Universidade de Harvard e uma equipe universitária local da cidade anfitriã.

Fonte: Ascom/SEC



Fonte: Governo do Estado da Bahia