Ações estruturantes, qualificação e captação de voos impulsionaram o turismo baiano em 2023

Na reunião do Conselho Estadual de Turismo (Contur), nesta terça-feira (19), em Salvador, foi feito o balanço dos resultados das atividades nas 13 zonas turísticas da Bahia, em 2023. O colegiado é formado por representantes de instituições públicas e privadas que atuam no setor, sob a liderança da Secretaria de Turismo do Estado (Setur-BA).

“Neste ano, registramos um crescimento contínuo nos índices turísticos da Bahia, acima da média nacional, de acordo com as pesquisas do IBGE. O bom desempenho nos levou a empreender ações voltadas para a qualificação dos serviços, com a oferta de cursos de capacitação e aperfeiçoamento oferecidos para profissionais de todo o estado”, pontuou o titular da Setur-BA, Maurício Bacelar, durante a apresentação. Dentre os destaques estão o curso superior de Tecnologia em Gestão de Turismo e Desenvolvimento Sustentável, promovido em parceria com a Universidade Federal da Bahia (UFBA).

Seguindo a Estratégia Turística da Bahia 4.0, foi lançado o programa Avança Turismo Bahia, com a proposta de fortalecer o turismo no estado e elevar a qualidade da gestão e da oferta de serviços turísticos. Municípios da Baía de Todos-os-Santos, Caminhos do Sudoeste e Lagos e Cânions do São Francisco já foram contemplados com a realização de cursos, encontros técnicos com gestores municipais e trade turístico, além da atualização da oferta hoteleira e vistorias em meios de hospedagem.

A Setur-BA atuou para fortalecimento dos segmentos, com a promoção do turismo religioso católico, como a parceria com as Obras Sociais Irmã Dulce (OSID) para promover o aumento do fluxo de visitantes, e do projeto Agô Bahia, para fortalecer as religiões de matrizes africanas, além do avistamento de aves e baleias e LGBTQIAP+, dentre outros. A parceria com os municípios também tem dado bons resultados. Um exemplo é a estruturação do destino Iguaí, nos Caminhos do Sudoeste, com a criação de roteiros e implantação de sinalização turística.

Destino Bahia

A promoção do destino Bahia continua sendo uma das prioridades da Setur-BA. Em 2023, o estado participou de 13 feiras de turismo internacional, de 41 nacionais e 150 regionais, divulgando os potenciais e diferenciais competitivos do estado junto a operadores e agentes de viagem e o público final. Junto a esse trabalho está a contínua prospecção de voos. “Dentre as nossas conquistas estão a linha inédita Varsóvia – Salvador e a retomada do voo Buenos Aires – Porto Seguro. Na próxima semana, terá início a ligação entre Santiago e Montevidéu e Salvador”, destacou Bacelar.

Na área de infraestrutura, a Baía de Todos-os-Santos, ganhou novos equipamentos que vão beneficiar turistas e baianos. Foram inauguradas as bases náuticas da Marina da Penha (Salvador) e de Salinas da Margarida, o novo terminal turístico de Jaguaripe e a requalificação do terminal marítimo da Ilha de Bom Jesus dos Passos (Salvador).

Presentes na reunião do Contur, lideranças do setor comemoraram os bons resultados. “Estou muito otimista e feliz em ver que o turismo baiano vem retomando sua força, e até ultrapassando o período anterior à pandemia. A parceria com a Setur é de suma importância para que possamos continuar avançando”, disse o presidente da Associação Brasileira das Agências de Viagens na Bahia (Abav-BA), Jean Paul Gonze.

“Teremos um 2024 muito bom. Os dados preliminares já apontam um volume de negócios ainda maior do que no período pré-pandemia. Devemos muito disso à ampliação da divulgação dos nossos destinos, com a Bahia participando das maiores feiras e eventos nacionais e internacionais. Isso é importante, pois nos dá visibilidade e possibilidade do cliente final comprar o nosso produto, que são as nossas treze zonas turísticas”, declarou o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis da Bahia (ABIH), Luciano Lopes.

Fonte: Ascom/Setur



Fonte: Governo do Estado da Bahia